Atenção!: Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar a navegação no site. Ao usar este site está a consentir o uso de cookies. Saber mais sobre as cookies.

Tecnicenter

Sistema de Arrefecimento do Automovel Volkswagem Carocha - Fusca

Macario77

  • *****
  • 634
  • +1/-2
    • Ver Perfil
SISTEMA DE ARREFECIMENTO

Como vimos, o motor do Volkswagen é refrigerado a ar, sistema simples, eficiente e económico, que livra o motor de muitos quilos de peso, melhorando assim o fator “pêso-potência”, e eliminando os enguiços e cuidados a que está sujeito o sistema convencional.

Parte do calor não aproveitado é eliminada com os gazes de escapamento e outra parte é dissipada pelo arcabouço metálico do motor do automovel, principalmente através das paredes dos cilindros e dos cabeçotes, que são providas externamente de aletas, cuja finalidade é aumentar a superfície de irradiação. Os cilindros e cabeçotes são envolvidos por chapas de folha denominadas “camisas de ar”, que canalizam a corrente de ar forçada pela ventoinha para as partes mais aquecidas do motor. A ventoinha é montada no eixo do induzido do dínamo e se aloja em uma carcaça, dentro da qual se encontra também o radiador de óleo do sistema de lubrificação do motor. Também a carcaça da ventoinha é provida internamente de pequenas chapas deflectoras da corrente de ar.

Cuidados com o sistema. — A única atenção requerida pelo sistema é o ajuste eventual da tensão da correia do dínamo, em cujo eixo se encontra montada a ventoinha. Esse ajuste se faz desmontando-se a metade externa da polia com a chave própria que vem com o estojo de ferramentas e acrescentando-se ou retirando-se as arruelas de ajuste entre as duas metades da polia. A metade interna da polia possui um entalhe, que serve para se firmar a mesma com uma chave de fenda como mostra a fig. 2-B. O ajuste está perfeito quando existe uma deflexão de 2 cm entre o ponto médio da cortêia entre as duas polias, como se vê na fig. 4-B. Esta figura também indica as posições correta e incorretas da correia. Se se deseja aumentar a tensão, o que é mais comum, reti¬ram-se as arruelas necessárias entre as duas metades da polia. Se se deseja diminuir’ a tensão, acresce-se o número adequado de arruelas. As arruelas de ajuste ficam guardadas na metade externa da polia, como mostra a fig. 3-B.
A correia e o leito das polias do automovel devem se conservar limpos, isentos de qualquer traço de óleo ou de graxa.


Desmontagem do sistema de arrefecimento do automovel. — A desmontagem completa do sistema de arrefecimento só é possível com a retirada do motor. Como não há peças móveis que se desgastem, quase nunca essa desmontagem se torna necessária e só se justifica na desmontagem do motor ou no caso de retirada do radiador de óleo, que implica tão somente na retirada da carcaça da ventoinha.

 :sorte: